ARGUMENTO

Dossier
“Futuros do Cinema”


DEZEMBRO 2020
Nos 65 anos do Cine Clube 1955-2020




A resposta à convocatória Futuros do Cinema: Crítica, Públicos, Salas de Cinema, que lançámos no início deste ano, continua, para lá das páginas do Argumento, aqui. Para aprofundar a reflexão que temos vindo a fazer acerca da privatização, da individualização  do cinema e do abandono do seu templo (como lhe chama a Laura Gonçalves na entrevista que nos concedeu – espreitem os Nada Roucos Anos 20 na edição #167 em papel), apresentamos um ensaio de João Valentim, “O Cinema depois do Streaming”, e uma crítica de Pedro Barriga a Anima, curta de Paul Thomas Anderson pouquíssimo vista em sala e que o autor considera um exemplo do melhor cinema de 2019.

E se é certo que para haver quem veja é preciso haver quem faça, André Almeida Bastos escreveu sobre um exercício simbiótico levado a cabo pelos Beastie Boys e os seus fãs, quebrando algumas fronteiras e assim levantando algumas questões cada vez mais prementes.

CONTEÚDOS ONLINE


 


O Cine Clube de Viseu oferece a todos a oportunidade de experienciar, descobrir e aprender mais sobre o mundo do cinema, audiovisual e cultura visual.
︎ Segunda a sexta, das 9h30 às 13h00 
︎ Rua Escura 62, Apartado 2102, 3500-130 Viseu
︎ (+351) 232 432 760 
︎ geral@cineclubeviseu.pt